O elo entre a corrupção e o narcotráfico — PF

O elo entre a corrupção e o narcotráfico — PF

Outras sete pessoas também foram presas.

"Trata-se de mais uma ação da Polícia Federal focada na desarticulação estrutural e financeira de organização criminosa de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, responsável por abastecer facções criminosas brasileiras e internacionais", informou a corporação.

"Quanto ao operador financeiro (doleiro) já investigado da Operação Lava Jato, chama atenção o fato de ter retornando às suas atividades ilegais mesmo tendo firmado acordo de colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República e posteriormente homologado pelo Supremo Tribunal Federal. A Procuradoria Geral da República e o Supremo Tribunal Federal serão comunicados sobre a prisão do réu colaborador para avaliação quanto à "quebra" do acordo firmado", diz a nota da PF.

Na delação, o doleiro disse ter entregue dinheiro em espécie para políticos como os senadores Aécio Neves, Fernando Collor de Mello e Renan Calheiros.

Para Biasoli, Ceará é o vínculo entre o narcotráfico e as investigações da Lava Jato.

Como Ceará ocultou da delação os crimes relacionados ao tráfico de drogas, seu acordo pode ser revisto e até revogado. Os outros presos desta manhã faziam o papel de "maleiro" para os operadores ou de "laranja" para Cabeça Branca.

Em Pernambuco foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão: um na Avenida Boa Viagem, numa residência, e outro na Mascarenhas de Morais, em uma empresa do ramo de blindagem de veículos.

Um empresário foi preso no Recife após cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva expedidos na Operação Efeito Dominó, da Polícia Federal (PF).

Os presos serão conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR onde permanecerão à disposição da Justiça Federal. A ação é um desdobramento da Operação Spectrum, que desarticulou uma estrutura estabelecida para o tráfico internacional de drogas em 2017. Segundo ele, na maioria das vezes, os "clientes" não sabem a origem do dinheiro que estão recebendo. "Eles são prestadores de serviço, especializados em remessa de dinheiro para o exterior". No imóvel onde ele estava foram encontrados e apreendidos R$ 27 mil em dinheiro e dois carros de luxo. Recebem reais em espécie no Brasil e disponibilizam dólares em contas no exterior ou recebem dólares no exterior e disponibilizam reais em espécie no Brasil. Ele foi preso em Sorriso (MT) e transferido para o presídio de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Já Hamilton Brandão, que responde a um processo em Mato Grosso, foi preso preventivamente no condomínio Setvillage, na Vila Nasser, em Campo Grande. Não há ninguém do nível de Cabeça Branca sendo procurado pela Polícia Federal no momento.

Segundo PF, a cocaína era transportada em aviões de pequeno porte que partiam dos países produtores - Colômbia, Peru e Bolívia - utilizando-se do espaço aéreo venezuelano com destino a fazendas no Brasil, na fronteira entre os estados do Pará e de Mato Grosso. A droga era enviada para a Europa. Esse esquema era comandado por Luiz Carlos da Rocha, mais conhecido como Cabeça Branco.