Federação participa ao conselho de disciplina suspeitas de corrupção — Andebol

Federação participa ao conselho de disciplina suspeitas de corrupção — Andebol

O CM cita conversas e trocas de mensagens de voz entre empresários, na aplicação da internet WhatsApp, e que segundo o jornal "mostram como André Geraldes, hoje diretor de futebol do Sporting, coordenava toda a batota".

Em declarações ao mesmo jornal, Paulo Silva admitiu ter oferecido 1500 euros a árbitros para "dar uma mãozinha", que agiu pelo seu sportinguismo e que os árbitros eram subornados como "forma de garantia". "Filho da p...", diz Paulo Silva, corruptor intermediário que pagava aos árbitros via outro "empresário", e que agia a mando do "chefe", André Geraldes.

Um antigo "corruptor" revelou ao CM que terá colaborado nos esquemas de corrupção em Alvalade, que levava dois mil euros a árbitros para beneficiar o Sporting - directa ou indirectamente.

Entretanto, a Federação Portuguesa de Andebol reagiu, em comunicado, mostrando-se "disponível para colaborar com as entidades competentes", anunciando ainda que irá avançar com uma "denúncia obrigatória ao Ministério Público", assim como com uma participação "ao Conselho de Disciplina".

Fonte da Procuradoria-Geral da República também confirmou ao Público a existência de um inquérito sobre o caso dirigido pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do Porto e que está atualmente em segredo de justiça.

Nesta mesma nota, o clube diz tratar-se do "primeiro capítulo de uma campanha, mais uma, que visa exclusivamente denegrir a imagem da instituição Sporting".

Entretanto, o Sporting nega as acusações hoje reveladas, dizendo não se rever "em qualquer prática que desvirtue a verdade desportiva ou que sejam ética, moral e socialmente censuráveis", criticando "o modo" como as notícias desta terça-feira estão "construídas" e "a intenção que lhes está associada".

A FAP emitiu um esclarecimento sobre a notícia avançada hoje pelo jornal Correio da Manhã, sobre o alegado esquema de corrupção para favorecer os 'leões' na época 2016/17, quando conquistou o título de campeão nacional, após 16 anos de jejum.