NASA enviará 'helicóptero' a Marte

NASA enviará 'helicóptero' a Marte

Já está em longa viagem sonda que a Nasa, a agência espacial norte-americana, enviou para nosso planeta vizinho com o objetivo de perfurar pela primeira vez seu solo e, talvez, conseguir informações nunca antes obtidas em outras missões.

O lançamento está previsto para julho de 2020 e a sua chegada para fevereiro de 2021.

O programa teve início em outubro de 2013, como um projeto de desenvolvimento de um dos laboratórios da Nasa, o Jet Propulsion Laboratory.

O recorde de altitude de um helicóptero a voar aqui na Terra é de cerca de 12.100 metros.

"Desse modo, para fazê-lo voar nessa baixa densidade atmosférica, tivemos que examinar tudo, tornando-o o mais leve possível, mas tão forte e tão poderoso quanto possível", apontou.

Engenheiros construíram as duas lâminas antiderrotantes do helicóptero para "penetrar na fina atmosfera marciana a quase 3.000 rpm - cerca de 10 vezes a taxa de um helicóptero na Terra", disse um comunicado da Nasa.

Para enfrentar a atmosfera marciana, o dispositivo pesará menos de dois quilos e suas hélices girarão a uma velocidade dez vezes maior que a de um helicóptero normal.

Os controladores da Terra comandarão o helicóptero Mars, projetado para receber e interpretar comandos do solo.

Os planos estão a ser feitos para um teste de voo de 30 dias, com cinco voos com incrementos a cada vez, até algumas centenas de metros.

A Nasa considera o helicóptero uma "demonstração de tecnologia de alto risco e alta recompensa". "A Mars Helicopter é muito promissora para as nossas futuras missões de ciência, descoberta e exploração em Marte", afirma o administrador da NASA, Jim Bridenstine.

"A capacidade de ver claramente o que está por detrás da próxima colina é crucial para os futuros exploradores", destacou um dos responsáveis da agência espacial, Thomas Zurbuchen.