Piauí notifica 15 casos de influenza H1N1

Piauí notifica 15 casos de influenza H1N1

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde, divulgou o boletim da gripe (influenza), referente ao período de 1º de janeiro a 4 de maio deste ano (1ª até 18ª Semana Epidemiológica). "Os outros casos que ainda estão internados estão estáveis, em recuperação e no caminho de voltar pra casa", informou Amariles. Um motorista da Sesapi de 52 anos morreu no último dia 30 de maio e foi enterrado com o caixão fechado, por conta do vírus H1N1.

FMS confirmou 32 casos da gripe H1N1 em Teresina. Durante o dia de hoje (08), as demais salas de vacina da capital estão sendo reabastecidas.

No próximo sábado (12) será o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Gripe.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Amariles Borba, foram registrados 17 casos com síndrome gripal com pessoas que não precisaram de internação e 15 casos de síndrome respiratória aguda grave, tendo em vista uma morte. "As vacinas são bastante seguras, não sendo encontradas evidências de que causem eventos sistêmicos graves", afirmou.

A vacina oferecida nos postos protege contra o H1N1, influenza B e H3N2, uma ramificação do vírus que têm provocado um aumento significativo de casos e de mortes relacionadas à doença no Hemisfério Norte.

A meta é vacinar 90% dos seguintes grupos prioritários: indivíduos com 60 anos ou mais de idade; crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores das escolas públicas e privadas; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens, de 12 a 21 anos, sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.