Brexit trava a fundo emigração portuguesa para o Reino Unido

Brexit trava a fundo emigração portuguesa para o Reino Unido

Em 2017 entraram no Reino Unido 22.622 portugueses, o que representa menos 26% do que em 2016, revela o Observatório da Emigração.

A emigração portuguesa para o Reino Unido registou um máximo de 32.301 entradas em 2015, vindo a decair desde aí. Em comparação com o ano passado, a emigração portuguesa para o Reino Unido diminuiu em cerca de 10 mil pessoas. Esta é uma descida que chega a números inferiores aos de 2013, acrescenta aquele organismo que monotoriza dados sobre saídas de Portugal.

O travão à emigração para Londres tem sido transversal entre os vários países de origem, mas sente-se com mais força entre os Estados-membros da União Europeia (-0,7% em 2016 e -20,5% em 2017). O ano passado verificou-se uma redução de 17,2% no número de entradas de imigrantes no Reino Unido. Esta tendência é explicada pela incerteza criada pela saída do Reino Unido da UE, prevista para o próximo ano.

Num email enviado à agência Reuters, a porta-voz da política externa da União Europeia, Federica Mogherini, disse que a organização está "chocada" com o facto de ter sido usado um agente químico de produção militar para tentar levar a cabo um homicídio em território britânico, constituindo uma ameaça para civis.