Bayern avança às quartas de final com recorde para o técnico Heynckes

Bayern avança às quartas de final com recorde para o técnico Heynckes

Apesar do empate em 2 a 2 no resultado agregado, o time italiano conquistou a vaga entre os oito melhores por conta do gol marcado fora de casa na derrota por 2 a 1 na Ucrânia.

O Bayern Munique, que conquistou por cinco vezes a Liga dos Campeões (Taça dos Campeões Europeus), a última em 2012/13, juntou-se nos quartos de final a Real Madrid, Sevilha, Manchester City, Liverpool, Roma e Juventus.

Depois da vitória por 5-0, na primeira mão de eliminatória, a equipa alemã entrou 'tranquila', no duelo.

Com dores no tornozelo, Thiago Alcântara, autor do gol, precisou ser substituído ainda na primeira etapa.

Superior o tempo todo, o Bayern não teve dificuldades no primeiro tempo. O Besiktas até chegou alguma vezes ao ataque, mas sem perigo. Os Bávaros tiveram uma atuação segura na defesa e na frente, foram eficientes.

O Bayern, que pode conseguir o seu sexto título consecutivo no Campeonato Alemão no final de semana, fez 2 x 0 no começo do segundo tempo, quando Gokhan Gonul colocou contra sua própria rede um cruzamento de Rafinha. O atacante saiu do banco aos 27 minutos do segundo tempo para mudar o rumo da partida.

Besiktas: Tolga Zengin, Gönül, Medel, Uysal e Erkin; Oguzhan Özyakup, Arslan (Hutchinson, aos 15'/2ºT), Ricardo Quaresma e Jeremain Lens (Anderson Talisca, aos 15'/2ºT); Mustafa Pektemek e Vagner Love (Babel, aos 29'/2ºT). Apesar disso, o Besiktas não se entregou. Mas foi o Bayern que voltou a marcar. Pelo contrário. Aos 86 minutos, o Bayern Munique voltou a marcar, com Wagner a carimbar o 3-1, com Alaba na assistência.