Barcelona tem novo desafio na Champions League

Barcelona tem novo desafio na Champions League

O Barcelona eliminou o Chelsea ao vencer por 3x0, depois do empate (1x1) em Stamford Bridge, numa partida em que Lionel Messi chegou ao golo 100, ao bisar, e ainda ofereceu um golo. Aos 19, Messi roubou bola na intermediária, disparou em velocidade e acionou Dembélé, que chutou forte, pelo alto. Os confrontos serão definidos por sorteio, agendado para esta sexta-feira.

O jogo de ida entre Barcelona e Chelsea foi disputado e ficou no empate por 1×1, deixando toda emoção para o confronto desta tarde. Mas, nesta tarde (noite em Barcelona), Messi mostrou que está, de novo, em ótima fase.

O show do argentino começou logo que árbitro apitou o início da partida. A reclamação do Chelsea está no lance em que Marcos Alonso foi derrubado na área e o juiz mandou seguir. Só não marcou porque Courtois fez grande defesa. Hoje, se marcar dois, o argentino pode alcançar 100 gols na Champions. Novamente acertou entre as pernas de Courtois. Depois colocou André Gomes no lugar de Busquets e Aleix Vidal na vaga de Dembélé. As mudanças deram novo fôlego ao setor ofensivo do Barcelona.

Ao levar o terceiro gol, os jogadores ingleses viram que a missão havia se tornado praticamente impossível e deminuiram o rítmo que haviam tido durante os 17 primeiros minutos da segunda etapa.

Nos instantes finais, o Chelsea criou outra boa oportunidade para ao menos descontar o placar.

A resiliência dos clubes portugueses e franceses foi adiando o desfecho nas últimas épocas, mas com as alterações impostas nos últimos anos pela UEFA no formato da prova, era quase uma inevitabilidade: pela primeira vez, Espanha, Inglaterra, Itália e Alemanha, os quatro países melhor classificados no ranking da UEFA, dominam em absoluto os quartos-de-final da Liga dos Campeões.