Citroën C4 Lounge estreia mais equipado e com novo visual

Citroën C4 Lounge estreia mais equipado e com novo visual

"Um produto alinhado à nossa ambição de ser a referência no relacionamento com os clientes por meio de uma oferta completa de veículos e serviços", Ana Theresa Borsari, Country Manager Brasil da Peugeot, Citroën e DS.

Como já havíamos antecipado aqui no Autoo, o C4 Lounge alcança sua linha 2019 apresentando um facelift e algumas mudanças relevantes na parte interna.

Além dessas mudanças, a Citroën aproveitou para enxugar a gama. O preço é de R$ 102.790. Já o interior se destaca pelo novo sistema multimídia com Android Auto e Apple CarPlay; painel de instrumentos digital com indicador de condução econômica; ar-condicionado com comandos sensíveis ao toque e novos detalhes de acabamento.

Logo abaixo do Shine, a Citroën vai oferecer o C4 Lounge na opção Feel, com preço sugerido de R$ 93.920.

O C4 Lounge Shine, top de linha, acrescenta faróis full-LED, airbags de cortina, rodas de liga diamantadas e teto solar panorâmico. O modelo traz também as versões Feel (R$ 93.920) e a top de linha Shine (por R$ 102.730).

Para aumentar sua participação no mercado de sedãs compactos, o C4 Lounge vai ser a maior parte do volume produzido na versão mais em conta Live, voltada especialmente para o público PCD (Pessoas com Deficiência), aproveitando que o líder absoluto de vendas do segmento, o Toyota Corolla, deixou de ser produzido no fim de fevereiro na versão GLi Tecido, criada especialmente para esse tipo de público.

"Confira abaixo o conteúdo de cada versão:C4 Lounge Live (R$ 69.990): "rodas de liga leve de 16", painel digital, lanterna traseira de LED, central multimídia com tela de 7", ar-condicionado automático digital de duas zonas, assistente de partida em rampas, piloto automático, faróis de neblina com luzes de conversão, alarme, vidros, travas e retrovisores elétricos e controle eletrônico de estabilidade.

Chamada de Live, ela é tabelada em R$ 69.990 e portanto está apta a receber a isenção de IPI e ICMS. No campo da segurança, a versão destinada a vendas diretas e o público PCD conta com os controles de estabilidade e tração, mas traz apenas os airbags frontais duplos obrigatórios.

Em todas as três versões, o carro segue equipado com o motor 1.6 THP flex, de 1666/173 cv de potência e câmbio automático de seis marchas. Com injeção direta e turbo, o propulsor flex entrega até 173 cv e 24,5 kgfm de torque com etanol.