Bebê morre após pais o deixarem sob os cuidados de irmã

Bebê morre após pais o deixarem sob os cuidados de irmã

Os pais do bebê de sete meses que morreu por asfixia após ser deixado aos cuidados da irmã de nove anos foram soltos depois da audiência de custódia realizada na terça-feira (13). O casal deixou os cinco filhos com idades de sete meses, 5, 7 e 9 anos, em casa por 8h sozinhos, para fazer um frete em Jaciara (a 144 km de Cuiabá). Por isso, Luciano Barbosa Pereira, de 43 anos, e a mulher dele, Daniely Oliveira, de 29 anos, devem responder em liberdade por abandono de incapaz.

Ainda de acordo com o homem, eles saíram de casa por volta das 13h e retornaram às 21h, momento em que encontraram a criança embaixo de um cobertor, já com a aparência mais escura.

O caso foi denunciado à Polícia e um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Militar.

Eles ainda levaram a criança para o Hospital Regional da cidade, no entanto o médico plantonista relatou que o bebê já havia chegado sem vida. A Polícia Civil também foi acionada e deve instaurar um inquérito para investigar o caso. "E deverão ser indiciados também com relação aos outros filhos que são menores, por abandono de incapaz, cuja pena é de 6 meses a 3 anos de detenção", disse.

Os pais foram conduzidos à delegacia e as crianças que estavam na casa foram encaminhadas para os cuidados do Conselho Tutelas.