Alemanha: Merkel presta juramento para 4º mandato de chanceler

Alemanha: Merkel presta juramento para 4º mandato de chanceler

Nesta quarta-feira, os parlamentares da Alemanha reelegeram Angela Merkel como chanceler do país, que vai para seu quarto mandato.

Chanceler da Alemanha desde 2005, Merkel não experimentará problemas para recolher a maioria dos votos no parlamento, o Bundestag, para depois ser nomeada para chefe do executivo pelo Presidente Frank-Walter Steinmeier, que teve um papel fundamental na formação da nova aliança de Governo.

O ministro designado das Finanças e peso pesado dos social-democratas, Olaf Scholz, reconheceu que o Executivo não era fruto de "um casamento de amor", mas prometeu que os aliados vão "trabalhar juntos e governar corretamente".

A formação do governo era ansiosamente aguardada pelos parceiros europeus da Alemanha, a maior economia do bloco. O último caso aconteceu na Itália, na semana passada, quando as eleições para o Parlamento tiveram como vitoriosos o antissistema Movimento Cinco Estrelas e a xenófoba Liga (antiga Liga Norte).

Angela Dorothea Merkel, de 64 anos, é uma cientista e política alemã.

Sua eleição põe fim a uma longa busca pela maioria, jamais vista na Alemanha democrática, que acabou por renovar a atual coalizão da União Cristã-Democrata (CDU) de Merkel e seus aliados bávaros da CSU com os social-democratas do SPD.

Quando o SPD passou a negociar um governo, a mudança não foi bem recebida pela base, que preferia ser oposição. Foi uma maioria mais estreita do que se esperava.

Merkel pediu rápidas providências para superar diferenças entre membros da União Europeia em um orçamento de investimento comum.