Boavista bate Vitória e ascende ao sexto lugar

Boavista bate Vitória e ascende ao sexto lugar

"O futebol profissional de alta competição é a capacidade de conseguirmos abordar cada jogo no máximo das nossas capacidades, o que não é fácil, porque implica um grande desgaste mental". O facto de o encontro ser com o rival Guimarães não reforça a importância dessa atitude, segundo considerou. "Para cada jogo, temos de nos preparar com o máximo das nossas capacidades. É muito bom o futebol português ter esse tipo de rivalidade entre os seus emblemas". "É o próximo onde vamos, decididamente, ter de retomar aquilo que temos vindo a fazer e que na minha opinião não fizemos no último".

Pedro Martins anteviu que a equipa treinada por Jorge Simão vai estar "claramente melhor" face ao desaire com o Desportivo das Aves (3-0), e sublinhou que o jogo é ainda mais importante por decorrer numa ronda com mais equipas na luta por um eventual acesso à Liga Europa a jogarem entre si.

O empate esteve perto num cabeceamento forte de Rafael Miranda que Vagner sacudiu com os punhos, mas aos 83 minutos Jorge Simão substituiu Fábio Espinho por Idris e, assim, apostou tudo na segurança defensiva da sua equipa e em guardar os três pontos.

Mateus é baixa certa porque viu o quinto cartão amarelo e foi suspenso, algo que Jorge Simão comentou observando que "em sido assim praticamente todas as semanas". "Na semana passada foi o David Simão e na anterior foi o Fábio Espinho".

Fábio Espinho marcou este domingo o golo da vitória do Boavista na receção ao Vitória de Guimarães, por 1-0, em jogo da 22.ª jornada da I Liga, permitindo a subida dos axadrezados ao sexto lugar, em igualdade pontual com o Chaves.