Liga Francesa suspende uso de tecnologia no gol após erros

Liga Francesa suspende uso de tecnologia no gol após erros

O Paris Saint-Germain não encontrou dificuldades para vencer o Amiens por 2 a 0 fora de casa, nesta quarta-feira, e avançar à semifinal da Copa da Liga Francesa. Os outros clubes nesta fase são Monaco, Rennes e Montpellier. Assim, o Paris Saint-Germain segue na busca pelos títulos em todas as competições da temporada.

A decisão tem validade para todas as competições organizadas pela entidade, incluindo o Campeonato Francês e a Copa da Liga. Aos 33, o cenário ficou ainda pior, quando o goleiro Gurtner fez falta em Mbappé fora da área e acabou expulso. Neymar deixou o seu, de pênalti.

Em dezembro passado, a Liga francesa anunciou a introdução do sistema de videoárbitro a partir da próxima época, seguindo a medida adotada este ano nos campeonatos de Portugal, Alemanha e Itália. Isso só aconteceu no segundo tempo.

O Amiens conseguiu se segurar apenas até os oito minutos do segundo tempo. O árbitro assinalou a penalidade e o próprio brasileiro foi para a cobrança, abrindo o placar. A bola subiu e foi para o outro lado, batendo na trave e no travessão antes de entrar.

"A tecnologia da linha do gol sofreu dois defeitos graves no jogo Amiens x PSG. e um segundo incidente em Angers x Montpellier, em que a tecnologia levou o relógio do árbitro equivocadamente a vibrar", disse o diretor-geral da LFP, Didier Quillot, à ESPN.

Na terça-feira, o Monaco se classificou ao superar o Nice por 2 a 1.