SAC Servidor terá biométrica do TRE por hora marcada

SAC Servidor terá biométrica do TRE por hora marcada

A distribuição de senhas acontece para melhor organizar o fluxo e para adaptar o número de atendimentos à capacidade diária da Justiça Eleitoral. Os primeiros moradores disseram que chegaram ao local por volta de 3h da madrugada (horário de Mato Grosso).

Apenas servidores da Justiça Eleitoral ou terceirizados a serviço da Justiça Eleitoral podem distribuir senhas. A revisão do eleitorado, com biometria, está acontecendo também em Várzea Grande e Sinop. Até semana passada, 2018, 583.256 eleitores dos quatro municípios ainda não tinham feito o procedimento.

De acordo com o responsável pelo atendimento no TRE, Jean Marc Boudou a expectativa é que até o dia (19), sejam atendidos mais de 80% dos eleitores.

Para fazer a biometria, é necessário que o eleitor leve documento de identificação com foto, comprovante de residência recente e comprovante de alistamento militar - para os homens maiores de 18 anos e que vão fazer o primeiro título.

Na sexta-feira (12), a partir das 10 horas, um novo posto avançado da biometria será inaugurado em Cuiabá, no Shopping 3 Américas.

Até setembro de 2017, segundo o TRE-MT, pouco mais de 20% dos eleitores haviam feito o cadastramento biométrico, o que provocou um acúmulo da demanda para os últimos meses da revisão, que tem previsão de encerramento para fevereiro deste ano.

Os comprovantes de endereço devem estar em nome do requerente, de seu cônjuge ou companheiro (a) ou de parente seu em linha reta consanguínea, até o 2º grau (pais, filhos, avós, netos), ou por afinidade, limitando-se, neste último caso, aos ascendentes do cônjuge ou companheiro (sogro e sogra). Das 10h às 20h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

O atendimento deve ser agendado pelo site do TRE-MG ou pelo Disque-Eleitor (148).

As filas são longas no Fórum Eleitoral e também no Centro Cultural Glauber Rocha onde são realizados os recadastramentos de eleitores no sistema biométrico.

Atualmente, dos 2.263.209 eleitores cadastrados em Mato Grosso, 820.166 já passaram pela coleta de dados biométricos, o que representa 36,24% do total.