O discurso inspirador de Gal Gadot — PowerWoman

O discurso inspirador de Gal Gadot — PowerWoman

Muito obrigada. Deus, eu gostaria de agradecer a essa maravilhosa oportunidade de estar nesse filme.

"Ao longo da minha carreira, eu era sempre questionada sobre qual seria o meu papel de sonho". E era claro para mim que queria interpretar uma mulher forte e independente - uma mulher real. A ironia disto é que mais tarde, eu fui escolhida para fazer de Wonder Woman, e todas estas qualidade que eu procura, encontrei nela. Ela vê as coisas erradas que devem ser feitas de forma certa, ela tem iniciativa quando à volta dela ninguém a tem. Ela se move enquanto todos ao seu redor estão paralisados. Ela comanda a atenção do mundo.

A Mulher-Maravilha também tropeça em suas expectativas, fica confusa, insegura e não é perfeita. Todo o processo de criação desse filme me inspirou e espero que tenhamos inspirado outras pessoas. Quando eu comecei a representar, havia muito poucas protagonistas femininas, e ainda menos realizadoras mulheres. Então, embora estejamos progredindo, ainda há um longo caminho pela frente. Ela contou-me que alguém lhe tinha dito que o filho de três anos tinha visto o filme, e quando o filme acabou o menino disse "Quando crescer quero ser uma mulher!". A entrega será no dia 3 de fevereiro. Como artistas e produtores, acredito que nosso trabalho não é apenas entreter, temos o dever de inspirar e ensinar respeito e amor.

Atriz de sete anos ganha prêmio no Critics Choice e é tietada por Jolie

Nas passadas semanas e meses, temos testemunhado um movimento na nossa indústria e na sociedade, e eu quero partilhar este prémio com todas as mulheres e homens que se insurgem pelo que é certo, apoiando quem não pode falar por si próprio. Minha promessa a todos vocês é que nunca serei silenciada e que vamos continuar a nos unir para progredir.

"The Shape of Water", do mexicano Guillermo del Toro, foi o grande vencedor dos Critics' Choice Awards, prémios atribuídos pelos críticos de cinema nos Estados Unidos, conquistando quatro galardões, incluindo o de melhor filme e de melhor realizador.

Na TV, a exemplo do que acontece desde o Emmy, "The Handmaid's Tale" (série dramática) e "Big Little Lies" (minissérie) foram soberanos. Mulher Maravilha figura entre as apostas, ao lado de Blade Runner 2049, Dunkirk, IT e Lego Batman: O Filme.