Steam para de aceitar bitcoin como moeda de pagamento na loja

Steam para de aceitar bitcoin como moeda de pagamento na loja

Enquanto aqueles que investiram em Bitcoins no passado seguem rindo de orelha a orelha com a continua valorização da criptomoeda, ontem a Valve decidiu seguir pelo caminho contrário e anunciou ter deixado de aceitá-la como forma de pagamento. Porém, hoje, em um anúncio em seu blog, a steam avisa aos seus usuários que não irá mais dar suporte ao bitcoin.

Outro problema seria quanto as altas taxas de transação, que podem alterar significativamente o preço das compras, tornando-as bem mais caras do que deveriam. A decisão é baseada "nas taxas elevadas e volatilidade de valor" da moeda virtual. Com isso, o meio de pagamento não seria uma boa alternativa, como exemplo, na semana passada, a rede bitcoin chegou a cobrar R$ 65 por transação, o que causou uma tremenda confusão para os clientes da Steam, fazendo com que a loja revesse as cobranças dos usuários, solicitando transferência de valor adicional ou então, providenciando o reembolso para o comprador. Há ainda mais um cenário no qual o Steam ou o usuário tentam cobrir a diferença de valor e o valor da bitcoin muda novamente, causando mais transtornos. Segundo a companhia, quando o Steam começou a aceitar pagamentos em bitcoin, o custo por transação era de US$ 0,20, mas agora disparou para US$ 20. O valor do Bitcoin é garantido por um período de tempo determinado, logo, se a compra não for completada durante este tempo, o valor de Bitcoins necessários para efetuar a compra pode mudar. Em ambos os casos, o usuário é atingido com a taxa de transação da rede Bitcoin novamente.

Em nota, a Steam comunicou "No futuro, é possível que reavaliaremos se o Bitcoin poderá atender às necessidades do Steam e de nossa comunidade corretamente".

Continuaremos trabalhando para resolver quaisquer problemas pendentes para clientes que são afetados por pagamentos insuficientes ou taxas de transação existentes.