STF revoga prisão domiciliar de irmã de Aécio Neves

STF revoga prisão domiciliar de irmã de Aécio Neves

Neste sábado (9), a legenda elegerá a nova estrutura de comando nacional em reunião da Executiva Nacional do PSDB.

Aécio, Andrea, Pacheco e Mendherson foram denunciados em junho pela PGR (Procuradoria-Geral da República): o senador é acusado de ter cometido crimes de corrupção passiva e obstrução da Justiça, enquanto os outros três foram denunciados apenas por corrupção passiva.

De acordo com o Ministério Público, Andrea teria procurado Joesley para pedir dinheiro de propina para o senado Aécio. Aécio Neves contra quem pesam sérias acusações de envolvimento com atividades nada republicanas.

"Desde que me afastei da presidência do PSDB, em maio último, venho me dedicando de maneira integral à minha defesa diante das falsas e criminosas acusações de que sou vítima. Estejam certos de que, ao fim, restará provada a absoluta correção de todos os meus atos", escreveu o senador mineiro. "Assim como foi ao longo destes últimos 30 anos, serei sempre um dedicado tucano pronto para lutar junto com o PSDB pelo Brasil e pelos brasileiros", diz Aécio.

No balanço, o senador chama de superficiais as análises daqueles que vêem o PSDB como 1 partido “fragilizado ou sem perspectivas“.

Para justificar a criticada ação de afastar o presidente interino Tasso Jeiressatti (CE), então candidato à sua sucessão, Aécio diz que o substituiu pelo vice-presidente Alberto Goldman em nome da unidade e da isonomia em uma disputa que se desenhava com o governador de Goiás, Marconi Perillo.

A pré-candidatura do governador Geraldo Alckmin à sucessão presidencial está sendo vista por cientistas e analistas políticos, como uma tentativa desesperada dos tucanos de não verem o seu partido ser transformado num novo partido Democratas (DEM).