Cantor Naldo Benny é denunciado por agressão e porte ilegal de arma

Cantor Naldo Benny é denunciado por agressão e porte ilegal de arma

Ronaldo Jorge da Silva, mais conhecido como Naldo Benny, foi preso em flagrante, na manhã desta quarta-feira (6), em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Na residência do casal foi encontrada uma arma de fogo não registrada.

Segundo informações do G1, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho, denunciou o artista depois de ter sido agredida no último sábado (2). Segundo ela, durante uma briga, Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. Durante depoimento na delegacia, Ellen disse que sofre agressões há pelo menos sete anos. Ela ainda disse que não havia denunciado antes por amor ao marido.

Ainda conforme publicação do Extra, a juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, determinou que o artista se afaste da mulher, de seus familiares e testemunhas do caso, mantendo distância mínima de 100 metros.

O cantor e compositor Naldo Benny foi solto, nesta quarta-feira (5), após pagar fiança de valor não informado. Ela já passou por exame de corpo de delito.

"Não estou preso, não". Por determinação da delegada Viviane Costa, o cantor foi preso por posse ilegal de arma de fogo e munições. Moranguinho, que tem uma filha de dois anos com Naldo, deixou a casa e entrou com uma medida protetiva contra o cantor. Ainda segundo ela, Naldo tinha em casa uma arma não registrada.

A informação foi confirmada pela assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que afirmou que o cantor responde ainda a inquérito por lesão corporal, ameaça e injúria.