Alegando motivos pessoais, Nelson Tavares anuncia saída

Alegando motivos pessoais, Nelson Tavares anuncia saída

O médico Nelson Barbosa Tavares foi exonerado oficialmente da Secretaria de Estado de Saúde.

Coimbra revelou que conversou com o governador Reinaldo Azambuja e com o secretário de governo, Eduardo Riedel, ambos do PSDB, ontem, quarta-feira (6), e definiu para a próxima semana a posse. A exoneração está no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (7).

Nos bastidores, cogita-se a nomeação de Carlos Alberto Coimbra, atual gerente administrativo do Hospital Rosa Pedrossian e ex-diretor-presidente do Hospital de Câncer Alfredo Abrão.

O substituto para a secretaria, no entanto, não foi divulgado no Diário Oficial de hoje.

Ao anunciar sua saída, Nelson Tavares afirmou que sua saída da SES já estava definida há dois meses, e se deu por motivos pessoais. "Foi motivo de satisfação coordenar a pasta por três anos e um dos destaques foi a Caravana da Saúde, que realizou 850 mil procedimentos, 60 mil cirurgias, 100 mil exames para mais de 250 mil pessoas atendidas", detalha Tavares.