Buffon aplaude hino sueco enquanto todo o estádio assobia — VÍDEO

Buffon aplaude hino sueco enquanto todo o estádio assobia — VÍDEO

Há 60 anos que a seleção italiana não ficava de fora de um Mundial. O jogo decide o apuramento para o Mundial 2018. Uma derrota esportiva que dá ao time o último jogo de Gianluigi Buffon com a camiseta azul.

O jogo - A partida começou nervosa, devido a magnitude e importância do duelo.

O goleiro também falou sobre a tese da Itália ter subestimado a Suécia, mas discordou disso.

Na segunda etapa, a melhor chegada foi aos 41 minutos com El Shaarawy, que bateu firme de voleio para a defesa de Olsen. A squadra azzurra perdera na primeira-mão do play-off de apuramento para a maor competição de selecções por 1-0.

"Tenho muita pena, não por mim, mas por todo o futebol, porque nós falhámos e, mesmo de um ponto de vista social, pode ser muito importante".

Aquando do hino da Suécia, os adeptos no San Siro, na sua maioria italianos, entoaram fortes assobios ao adversário.

A Itália não ficava fora da Copa desde 1958, quando foi superada pela Irlanda do Norte nas Eliminatórias. Em 1930, a Azzurra não se inscreveu para a Copa no Uruguai.

A Itália, desta vez, se comportou como uma tetracampeã mundial.