Sport encerra jejum, bate Vitória e coloca São Paulo no Z-4

Sport encerra jejum, bate Vitória e coloca São Paulo no Z-4

O belíssimo gol de falta contra o Vitória, nessa quinta-feira, pela Série A do Campeonato Brasileiro, foi para lá de simbólico para o meia-atacante Diego Souza, pois além de quebrar um jejum dele para marcar com a camisa do Sport, também o torna o maior artilheiro da equipe em Brasileiros. Quase morno, com poucas chances de gol para ambos os lados. No lance seguinte, em contragolpe, o Sport quase abriu o placar.

Diego Souza fez o primeiro gol e deu assistência para o segundo, de Lenis. De lá para cá foram onze partidas e nenhum gol marcado. Diego Souza bateu de perna esquerda e obrigou Caíque a se esticar todo para evitar o gol. O retrospecto recente dentro de seus domínios não é dos mais animadores, já que o rubro-negro baiano apresenta o pior aproveitamento entre todos os times da série A.

Com a baixa criatividade, uma boa oportunidade só veio aparecer aos 38 minutos, quando Patrick avançou com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para André cabecear bem, mas o goleiro Caíque mostrou qualidade e fez um milagre.

No último minuto da primeira etapa, porém, veio o desafogo para o Sport.

Nos minutos finais, o Sport sofreu uma leve pressão do adversário mas conseguiu segurar o importante resultado.

Depois daí, o Vitória se biu obrigado a responder às investidas de ataque do Sport. O efeito, entretanto, surtiu em favor dos rubro-negros pernambucanos, pois aos 20 minutos Diego Souza entrou com liberdade na área e tocou para Lenis completar para o fundo das redes para delírio da torcida leonina.

O tento recolocou o Vitória no jogo, mas o time não teve inteligência emocional para buscar o empate.

Caíque; Caíque Sá (Danilinho), Ramon, Wallace e Juninho; Fillipe Soutto (Patric), Uillian Correia, Yago e Neilton; David (André Lima) e Tréllez.

SPORT: Magrão; Raul Prata, Oswaldo Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo, Wesley (Rodrigo, aos 17/2ºT), Patrick e Diego Souza; Oswaldo (Lenis, aos 17/2ºT) e André (Juninho, aos 35/2ºT).

Local: Estádio Barradão. Horário: 17h. Lenis, aos 20 do 2º. Diego Souza bateu falta com perfeição e saiu para o abraço, 1 a 0.