Rui Vitória e a Taça: "Começar esta nova etapa com triunfo"

Rui Vitória e a Taça:

"Queremos a vitória e o foco total neste jogo", declarou, à BTV.

Recorde-se que o Olhanense defronta o Benfica na terceira eliminatória da Taça de Portugal, este sábado, 14 de outubro pelas 19h00 no Estádio Algarve. Vamos começar o trajeto numa prova em que somos detentores do troféu frente a um adversário com qualidade, que joga no Campeonato de Portugal, mas que joga de forma organizada, que se vai querer mostrar num palco diferente do que está habituado.

Bruno Saraiva frisou que a falada crise no Benfica, "é só para vender jornais, um tetracampeão nunca está em crise por perder dois ou três jogos, até porque o campeonato ainda está no início, portanto vamos dar o nosso melhor e tentar obstaculizar o adversário, até porque individualmente o Benfica tem jogadores muito fortes e é aí que temos de dar mais atenção". "O fascínio da Taça de Portugal está nas diferenças entre as equipas que, por vezes, são esbatidas". Acontece com frequência e vai continuar. "Ouve-se muito a palavra respeito e eu nem coloco isso em causa, pois isso está na nossa essência, na forma de olhar para a competição e para o adversário". "Será um jogo contra um adversário que quererá brilhar, por isso temos de ir com toda a determinação", acrescentou.

Rui Vitória trabalhou nas últimas semanas com várias ausências devido às seleções, mas há aspetos positivos a retirar: "Temos de dividir os cenários". Depois, pudemos trabalhar com outros jogadores que melhoraram nesses 15 dias. "Foi um cenário agradável de trabalho, mas claro que preferíamos ter todos os jogadores". "Temos de gerir uma série de coisas, olhar a parte individual e isso foi bem conseguido", avaliou o treinador, que depois foi questionado sobre a influência da partida com o Manchester United na partida de amanhã. O treinador garantiu que as águias vão estar focadas apenas no jogo com o Olhanense. Pensamos nos próximos adversários, mas o foco tem de estar no jogo de amanhã. Não se ganham dois jogos num só. "Ganhar um para ajudar o outro, sim".