Atlético-GO surpreende e vence a Ponte Preta em Campinas

Atlético-GO surpreende e vence a Ponte Preta em Campinas

Lanterna do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO encerra o sábado (16 de setembro) a apenas dois pontos do São Paulo.

Depois de ser derrota pelo Sport, por 3 a 1 em jogo válido pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, a Ponte Preta entra em campo ainda mais pressionada para vencer o Atlético-GO, às 21h deste sábado. Assim como o técnico Gilson Kleina, João Paulo Sanches também não deixou pistas sobre a escalação titular. A Ponte Preta, também ameaçada, segue com 28 pontos, no 13º lugar. Já vinha de derrota em casa para o Atlético-MG, por 2 a 1.

Com o resultado, o Atlético-GO chega a 22 pontos e diminui para cinco a diferença para o Coritiba –primeiro time fora do Z4.

O Atlético (GO) voltou a ficar na frente do placar aos 22 minutos em sua primeira chegada no segundo tempo. Agora a equipe enfrenta o Cruzeiro em casa no próximo domingo, no estádio Olímpico, às 16 horas. Sendo assim, Jorginho e Andrigo brigam pela posição que resta, dúvida que o treinador deve manter até minutos antes do jogo.

Experiente, Emerson Sheik foi recuado para o meio-campo, enquanto Lucca, Felipe Saraiva e Léo Gamalho formaram a linha ofensiva do time de Campinas.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Danilo Barcelos cobrou falta, Marcos rebateu e Léo Gamalho, meio sem querer, deixou tudo igual. Livre pela esquerda, Bruno Pacheco levantou na área.

Agência EstadoMais uma vitória do Atlético na Série A do Brasileiro, dessa vez jogando fora diante da Ponte Preta. Marllon desviou e Lucca bateu para grande defesa de Marcos.

Superior ao time mandante durante o primeiro tempo, o Atlético-GO surpreendeu e conseguiu inaugurar o marcador aos 42 minutos. Nos acréscimos, o goleiro Aranha tentou ir na área adversária para aproveitar uma cobrança de escanteio e possivelmente conseguir a igualdade com um gol de cabeça, aproveitando a sua estatura. Ronaldo recebeu passe de Walter e chutou do meio de campo para fazer o terceiro e garantir a vitória goiana.