Russos atacam com mísseis posições do Daesh na Síria

A marinha russa atirou esta quinta-feira sete mísseis de cruzeiro para a Síria a partir de dois submarinos.

Segundo a informação divulgada, a distância entre submarinos e as posições do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) foi entre 500 e 670 km.

Mais cedo, o Ministério da Defesa da Rússia comunicou que na manhã do dia 5 de setembro, a fragata Admiral Essen da Frota do Mar Negro da Rússia, que está cumprindo missões no mar Mediterrâneo, disparou mísseis de cruzeiro Kalibr contra alvos do grupo terrorista Daesh perto da cidade síria de Deir ez-Zor.

As tropas governamentais sírias desbloquearam recentemente a cidade de Deir al Zor, que ficou sitiada durante três anos pelas milícias jihadistas.

"Os alvos eram postos de comando, centros de comunicação, bem como armas e zonas de armazenamento de munições em áreas do sudeste de Deir al-Zor que estão sob o controle do Estado islâmico", pode ler-se no comunicado.