Mineirinho perde para australiano nas quartas e deixa etapa na Califórnia

Mineirinho perde para australiano nas quartas e deixa etapa na Califórnia

O título em Trestles dará 10 mil pontos para Filipe Toledo no Mundial de Surfe.

Na última bateria da quarta fase, Toledo se virou com ondas pequenas para seguir sonhando com o título. E o filme se repetiu: os dois surfistas se chocaram no começo da bateria e Filipinho foi punido com uma interferência. Até o início da etapa californiana, diferentemente das outras sete temporadas, nenhum surfista havia conseguido o feito. Enquanto ainda comemorava, veio o troco do sul-africano, que recebeu nota 9 após ótima manobra.

Quase sempre à frente na disputa, Silvana terminou a bateria com uma somatória de 17,60 pontos (8,93 e 8,67).

A etapa da Califórnia do Mundial de surfe teve duas vitórias brasileiras nas finais masculina e feminina. Nas semifinais, Buchan, que superou justamente o brasileiro Jadson André na repescagem, irá enfrentar o líder do campeonato, Jordy Smith. Buchan somou 15.57, enquanto o brasileiro ficou com 15.30, nesta quinta-feira (14). Tranquilo, o brasileiro esperou a vagarosa chegada das séries para somar seus pontos. Mas o australiano respondeu à altura, com um 6,80, e voltou à ponta.

Nesta que foi a sua quinta conquista desde que disputa a elite do surfe, Filipinho precisou de muita paciência, já que as ondas não estavam boas e, com isso, as manobras não saíram com facilidade. Na decisão, Lima encontrou, de cara, uma onda excelente (8,50) e deixou a pressão com a estreante no WCT. Já Keely não conseguiu que nenhuma de suas notas fosse melhor que as notas da brasileira.

Na semifinal, Silvana venceu a norte-americana Lakey Peterson, mas foi mais apertado: 16.90 pontos contra 15.60.