Dois polícias feridos em ataque terrorista em Londres

Dois polícias feridos em ataque terrorista em Londres

O suspeito que foi detido por ferir três policiais com uma faca perto do Palácio de Buckingham, em Londres, na sexta-feira (25), gritou repetidamente: "Allahu Akbar", uma expressão em árabe que significa "Alá é o maior", bastante utilizada entre os muçulmanos.

A polícia inglesa declarou que uma pessoa foi presa no incidente em que dois policiais ficaram feridos. Os oficiais viram a arma no carro do homem quando ele dirigiu até um veículo da polícia perto da residência de Londres da Rainha Elizabeth II. O suspeito está sob custódia em uma estação de polícia central de Londres.

O suspeito será questionado logo que deixe a unidade hospitalar. Não houve mais feridos. Os oficiais então confrontaram o motorista, que alcançou uma faca no banco do passageiro.

Agressor e agentes foram transportados ao hospital. O terceiro oficial não precisou de atendimento médico.

"Nós acreditamos que o homem estava agindo sozinho e não estamos procurando por outros suspeitos nesta fase".

"Gostaria de prestar homenagem à bravura e ao profissionalismo desses oficiais que rapidamente controlaram esse incidente".

O incidente ocorreu na avenida The Mall, importante artéria de Londres que passa pelo palácio de Buckingham, eram 20:35. "Oficiais do Comando Contra o Terrorismo estão agora investigando e realizando diligências hoje (este sábado) na área de Luton", acrescentou.

A polícia garante que nenhum membro da família real estava no Palácio de Buckingham, na altura do ataque.