Bahia despacha o Vasco com goleada na Fonte Nova

Bahia despacha o Vasco com goleada na Fonte Nova

Na 12ª colocação com 26 pontos ganhos, o Bahia volta a jogar no próximo domingo, quando recebe o Botafogo, na Arena Fonte Nova. Preto Casagrande estará a frente do comando técnico da equipe, que segue sem um treinador efetivo desde que Jorginho foi demitido. O time não tem problemas de suspensão para este duelo.

Parado na forte marcação do Bahia, o Vasco, abatido em campo, tentava ao seu jeito. Os cariocas continuaram tendo mais posse de bola, mas pouco produziam no ataque. O jogo acontecerá na Arena Fonte Nova, em Salvador. A bola ainda bateu na trave antes de ir para a rede.

O Vasco está em 15º lugar, com 25 pontos, a três da Chapecoense, primeiro time da zona de rebaixamento. Em uma pressão no fim do primeiro tempo, o Vasco quase empatou com Wagner, que aproveitou chute mascado de Fabuloso, mas acertou a trave.

E se não chegava ao ataque com eficiência, o Tricolor sofreu bastante com seu próprios erros.

Assista aos gols da vitória do Bahia sobre o Vasco por 3 a 0!

Após a rebatida da zaga numa falta para o Vasco, aos 48, Mendoza tabelou com Régis no campo de defesa e partiu par cima de Ramon, que até ganhou na corrida, mas se desequilibrou e viu o colombiano lhe roubar a bola, para depois driblar Martín Silva e tocar para o gol vazio. No rebote de Martín Silva, o canhoto Mendoza fez seu segundo gol de perna direita no jogo, novamente com o gol vazio. Num deles, aos 21, Mendoza deixou Rodrigão de cara para ampliar, mas o centroavante chutou muito mal na saída do goleiro. O Bahia foi quem chegou com perigo aos 24 minutos. Titular de Milton Mendes, não teve boa atuação no 3 a 0 para o Bahia. Mas não importava: aos gritos de "Olé" e com merecidos 3 a 0 no placar, a torcida comemorou muito nas arquibancadas. Logo aos dois minutos, Rodrigão recebeu pelo lado esquerdo da área, e bateu colocado. Sem força para reagir, o Vasco lutou, correu, mas não teve nenhuma chance para diminuir o prejuízo.

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba (Juninho); Edson, Renê Júnior e Régis (Vinícius); Zé Rafael (Matheus Reis), Mendoza e Rodrigão.

VASCO: Martin Silva, Rafael Marques (Bruno Paulista), Breno e Anderson Martins; Gilberto, Jean, Wagner, Mateus Vital (Manga) e Ramon; Paulinho (Nenê) e Luis Fabiano.