Burnley vence em casa do Chelsea, Rooney decide em Goodison Park

Burnley vence em casa do Chelsea, Rooney decide em Goodison Park

A resistência do Brighton, que por várias vezes importunou o guarda-redes Ederson (ex-Benfica), durou até ao minuto 70, quando o Manchester City, no aproveitamento de vários erros, chegou à vantagem pelo argentino Sergio Agüero (0-1). Aos 42 minutos do segundo tempo, Morata desviou de cabeça e David Luiz chegou para completar para o gol.

Pep Guardiola, que apresentou no 'onze' os reforços Ederson, Kyle Walker (ex-Tottenham) e Danilo (ex-Real Madrid), lançou ainda na partida o português Bernardo Silva (ex-Mónaco), aos 83 minutos, por troca com Sergio Agüero.

O Burnley visitou e venceu o Chelsea, campeão inglês em título, por 3-2, num jogo em que os "blues" acabaram reduzidos a nove jogadores. A essa altura, o Chelsea já estava com um jogador a menos, após a expulsão de Cahill. Neste sábado, a equipa de Antonio Conte até terminou a jogar com nove, depois das expulsões de Cahill (15 minutos) e Fabregas (81 minutos).

'Blues' estiveram a perder por 3-0, recuperaram, mas não conseguiram o empate.

Mas o 17.º classificado da Premier League em 2016/17 não baixou os braços frente ao quarto posicionado, lutando até ao fim, e no terceiro minuto do período de descontos, o uruguaio Miguel Britos estabeleceu o 3-3 final.

No entanto, o campeão voltou para a segunda parte determinado a dar a volta à história.

Sam Vokes capitalizou sobre a vantagem numérica e a pobre defesa do Chelsea, marcando os dois lados do gol do companheiro de equipe Stephen Ward, para levar o Burnley para o intervalo com uma vantagem digna, ainda que inesperada, de 3 a 0.

Rooney já marca pelo "seu" Everton e Huddersfield estreia-se com vitória.