Temer chega à Noruega para buscar investimentos

Temer chega à Noruega para buscar investimentos

Para isso, ele ressaltou que o Congresso Nacional está para concluir a tramitação da reforma trabalhista e já iniciou o processo legislativo para alterar as regras da Previdência Social. Depois, virá o Senado Federal.

O presidente também disse que o país está abrindo oportunidades para investimentos externos e espera que empresas norueguesas participem das próximas concessões em diversos setores, que vão de "portos a rodovias, campos de petróleo e extração de minério". Em encontro com empresários, presidente disse que Brasil deixa para trás 'severa crise'.

Nas reuniões previstas para amanhã com o Rei Harald V, com a primeira-ministra, Erna Solberg, e com o presidente do Parlamento, Olemic Thommessen, um dos principais temas a serem abordados é a questão ambiental.

Sônia Guajajara, uma das lideranças indígenas mais reconhecidas no Brasil, também estará presente no protesto nesta sexta-feira.

Michel Temer tentou passar confiança aos investidores estrangeiros enquanto no Brasil os seus advogados contestam nos tribunais locais denúncias feitas por empresários da empresa JBS, que disseram à Justiça do Brasil que ele é o líder de um grupo de políticos envolvidos num vasto esquema de corrupção. "Nossa agenda de reformas tem por premissas a responsabilidade fiscal e o reconhecimento do protagonismo do setor privado na geração de riquezas", declarou Michel Temer, destacando que, por determinação constitucional, o Brasil só pode cumprir adequadamente as suas tarefas se contar com incentivo, apoio e participação do setor privado.

Há uma expectativa de que o presidente da República seja cobrado por autoridades da Noruega em razão da condução da política ambiental no Brasil, em especial à escalada do desmatamento na região amazônica. - O apoio econômico para o Fundo Amazônia precisa ser significativamente reduzido, diz a Fundação Rainforest da Noruega.

A Noruega é a segunda e última escala da viagem europeia de Temer, que chegou ao país desde a Rússia. A Noruega é o principal patrocinador do Fundo Amazônia - entre 2009 e 2016, o país doou cerca de R$ 2,8 bilhões ao fundo.

Segundo a agenda oficial, Temer deve embarcar de volta ao Brasil às 16h30 no horário local (10h30 em Brasília).

Acompanhado de uma comitiva de quatro ministros e quatro parlamentares, o pemedebista e a delegação foram recebidos pelo embaixador do Brasil na Noruega, George Monteiro Prata, a embaixadora da Noruega no Brasil, Aud Marit Wiig, o chefe de cerimonial da Noruega, Sigvald Hauge, e pelo comandante da Base Aérea de Oslo, Havard Sørensen.

Nesta visita à Noruega, o governo brasileiro também espera ampliar o comércio bilateral com o país escandinavo. O EFTA inclui, além da Noruega, Islândia, Liechtenstein e Suíça.