Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth, deixa hospital

Príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth, deixa hospital

Contudo, segundo um porta-voz do Palácio de Buckingham, ele continua bem disposto.

O marido da Rainha Isabel II e duque de Edimburgo, o príncipe Filipe, deu entrada num hospital londrino, na noite de terça-feira, por causa de uma infeção, depois de ter marcado presença no primeiro dia do Royal Ascot.

A infeção surgiu de uma condição pré-existente e o duque teve de dirigir-se ao hospital.

Por conta da internação, o príncipe, de 96 anos, não pôde acompanhar, ontem, Elizabeth II ao Parlamento, onde ela leu o chamado "Discurso da Rainha", o programa legislativo do Governo da primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May.

Nascido na Grécia, Filipe é filho do príncipe André da Grécia e da Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg.

Recorde-se que o duque de Edimburgo havia anunciado em maio a intenção de se retirar da vida pública. Foi expulso do país, juntamente com a sua família, quando tinha apenas 18 meses, acabando por se juntar à Marinha Real Britânica com 18 anos, em 1939.

"O príncipe de Gales acompanhará a Rainha na abertura oficial", acrescentou o palácio no comunicado, que também indicou que a monarca "está informada e assistirá, como estava previsto, às corridas de Ascot esta tarde".

Quando se tornou marido da monarca britânica, recebeu três títulos: duque de Edimburgo (pelo qual é mais conhecido), conde de Merioneth e barão de Greenwich.