Rodrigo Hilbert vai depor sobre morte de filhote de ovelha em programa

Rodrigo Hilbert vai depor sobre morte de filhote de ovelha em programa

Isso porque uma ONG prestou queixa contra ele por conta do episódio do "Tempero de Família", do GNT, em que o apresentador matou um filhote de ovelha.

A polícia catarinense, por sua vez, intimou o apresentador para se apresentar à delegacia mais próxima da residência dele.

A repercussão negativa também fez com que o episódio fosse excluído da página do programa na internet. "Entendemos que as imagens podem ser fortes e, em respeito às manifestações do nosso público, decidimos retirá-las do programa", declarou o canal pago em comunicado na época.

"A ideia desta temporada do 'Tempero de família' é retratar, de forma documental, os hábitos alimentares de produtores rurais familiares que passam de geração para geração e as maneiras artesanais de preparo das receitas". A denúncia foi apresentada no distrito policial de Bom Jardim da Serra (SC), onde o apresentador abateu o animal.

No episódio polêmico, Rodrigo Hilbert retorna para a sua cidade natal em Santa Catarina e mostra como é feito um tradicional churrasco de ovelha.

Quando a polêmica surgiu, o ator deu uma declaração ao site Pure People dizendo que "nunca teve a intenção de incitar qualquer tipo de violência contra os animais e sim de registrar o dia a dia desses trabalhadores que lutam para criar e alimentar suas famílias". A produção mostra Hilbert em uma fazenda em Vista Alegre, onde abate um filhote de ovelha de cerca de seis meses de idade.

Seria apenas mais um programa, se Hilbert não tivesse exibido as cenas da morte de um filhote de 6 meses, chamado de borrego, em Santa Catarina. E você estava sorrindo! Porém o que você fez com o pobre animal, sem dó, sem piedade", "Decepcionado com você!" e "Fiquei muito chocada.